FrasesOs Sete Maridos De Evelyn Hugo

Os Sete Maridos De Evelyn Hugo (Frases)

Autoria de Taylor Jenkins Reid

Os Sete Maridos De Evelyn Hugo (Frases)

Talvez sejam citados aqui partes do livro que ainda não tenha lido

Frases De Os Sete Maridos De Evelyn Hugo

 

É para você que vou contar a minha história.

Artigos relacionados

Não tivemos tempo o bastante.


Com dois meses de casamento, ele começou a me bater.


Dois homens que dormiam juntos. Casados com duas mulheres que dormiam juntas. Éramos quatro farsantes.


As pessoas acham que intimidade tem a ver com sexo.
Mas intimidade tem a ver mesmo é com a verdade.
Quando a pessoa percebe que pode contar a verdade para alguém, que pode se abrir, que pode desabafar totalmente e receber como resposta: “Comigo essas coisas estão a salvo”. Isso é intimidade.


Fica comigo, Harry. Fica comigo. Aguenta firme.


Quero que eles conheçam a verdadeira história. Que eu sou de verdade.


Eu também quero recolher todos os cílios caídos dela.


Você me ama, Evelyn Hugo?
Mais do que tudo. Você me ama, Don Adler?
Amo seus olhos, seus peitos, seu talento. Amo o fato de você não ter bunda. Amo tudo em você. Então dizer que sim seria eufemismo.


Ser desejada significava a obrigação de satisfazer os outros.


Eu dei um beijo na tv. Quando você ganhou. Fui beijar você e lasquei o dente.


Mas quero formar uma família, e adoraria que fosse com você.


Foi quando me dei conta de que a família que eu tinha formado estava mesmo em pedaços.


É assim que a minha história termina. Com a perda de todas as pessoas que amei.


Acene para as pessoas. Acene como se fosse a própria rainha da Inglaterra.


Vou ser sua segunda melhor amiga, depois de Harry Cameron.


Por favor, nunca se esqueça de que o sol se levanta e se põe com seu sorriso. Pelo menos para mim. Você é a única coisa nesse mundo que merece devoção.


Não fui agraciada pela natureza com um corpo no formato de violão. Minha bunda era reta como uma tábua. Dava para pendurar um quadro nela.


Ela com John. Eu com Harry.
Poderia dar certo. Poderia funcionar lindamente.


O amor da minha vida estava à minha espera, e eu ia conquistá-la de volta.


Não estou falando das traições, Ev.


Eu sou apaixonada por ela. Sempre fui.


Ela é lésbica, Evelyn.


Se você fosse uma indigente morando numa caixa de papelão, eu continuaria te amando.


Eu abriria mão de tudo, sabe. Tudo mesmo. O dinheiro, o trabalho, a fama. Desistiria de tudo para ficar com você, por uma vida normal ao seu lado.


Avise que Evelyn Hugo está dando seu adeus.


Eu sei usar as pessoas. Não me incomodo com a ideia de usar as pessoas. E toda essa energia que você gasta tentando se convencer de que não está usando as pessoas eu gasto me aperfeiçoando nisso.


Quem foi o grande amor da sua vida?
Celia St. James.


Sou bissexual.


Você está prestes a se tornar a atriz mais bem paga de Hollywood.


Você é o melhor amigo que eu tenho no mundo, Harry.
Sou mesmo? Bom, então você é a minha.


Eu te amo.
Eu te amo também. Te amo mais do que tudo.
Não é errado. Não deveria ser errado amar você. Como pode ser?
Amar não é errado, querida, não é. As pessoas que estão erradas.


Você consegue me perdoar?
Claro que posso.


Porque eles são só maridos. A Evelyn Hugo sou eu. E, de qualquer forma, acho que, quando souberem a verdade, as pessoas vão se interessar muito mais pela minha esposa.


Todo mundo que eu amei já morreu. Não tenho mais ninguém a quem proteger. Ninguém mais por quem mentir, a não ser por mim mesma.


“Tudo bem, se você desabar, eu te seguro”.
Então eu desabei.
E Harry me segurou.


Eu me inclinei para a frente e a beijei.


Celia sorriu, e percebi que eu tinha dito a coisa certa para ela.
Foi nesse momento que comecei a gostar de Celia St. James


Don Adler e Evelyn Hugo formam um casal e tanto.


Evelyn Hugo está dando adeus.


Me arrependo de cada segundo que não passei com ela.


Acho que eu amo você.


Eu senti saudade da mulher que deveria ser minha esposa. Senti saudade de Celia.


Alguma chance de você sair comigo para tomar um milk-shake?


Harry estava apaixonado por um homem negro. O nome dele era James Grant. Ele morreu no dia 26 de fevereiro de 1989.


Vamos escrever um livro.


Evelyn vai morrer quando achar conveniente.
E quer morrer agora.


Dentro daquelas quatro paredes, não havia motivo para termos vergonha.


Eu consegui. Tirei nós duas de lá.


Quando for usar alguém, use direito.

 

 

OS SETE MARIDOS DE EVELYN HUGO, clique

Resenha

Frases Que Te Deixam Com Vontade De Ler

Personagens

Mais Sobre O/A Autor(a)

Mais Sobre A Editora

Compre O Livro

 

 

 

Os Sete Maridos de Evelyn Hugo, Taylor Jenkins Reid. Indicandolivros.com.br

Os Sete Maridos De Evelyn Hugo (Frases)

CONHEÇA MAIS ALGUMAS DAS NOSSAS RECOMENDAÇÕES DE LEITURA, clique

COMPRE PRODUTOS COM OS MELHORES PREÇOS NA AMAZON, clique

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

error: Content is protected !!