FrasesO Canto Mais Escuro da Floresta

O Canto Mais Escuro Da Floresta (Frases)

Saga O Povo do Ar, Holly Black

O Canto Mais Escuro Da Floresta (Frases)

Talvez sejam citados aqui partes do livro que ainda não tenha lido

Frases De O Canto Mais Escuro Da Floresta

 

Mas Fairfold tinha o menino no caixão de vidro. Fairfold tinha o Povo.
E para o Povo, os turistas eram simples presas.

Artigos relacionados

Toda criança precisa de uma tragédia para se tornar realmente interessante.


Afinal, ela não era turista. Ela deveria ter sido mais esperta. Mas às vezes, em noites como a que acabara de ter, ela queria poder contar a alguém. Ela queria não ter que viver tão sozinha.


Sete anos para pagar o que está a dever. Tarde demais para se arrepender.


Todo mundo em Fairfold deixava comida do lado de fora para as fadas. Para demonstrar respeito, para ser digno de suas graças.
Mas o leite saiu da caixa em pelotas. Já tinha azedado.


Ele acordou.


Era uma espada.


Podemos fazer alguma coisa. Impedir coisas ruins. Que nem nas histórias.


Uma menininha capaz de encontrar o corpo de um garoto, de perder seu cachorro e de acreditar que poderia garantir que ninguém mais morresse.


Fico torcendo para conhecer alguém que tenha uma vida incrível, para que eu possa simplesmente pegar uma carona nela.


Abençoado.


Mas ele se assustava com o que era capaz de fazer. Ben não tinha controle sobre isso.


Meu talento é matar monstros.


Isso tem que parar. Eu tenho que parar. Alguém tem que me parar.


Ele escutava música, muita. Embriagava-se de música. Mas, depois que voltaram, ele sequer cantarolava junto. E nunca mais tocou.


Até então, Hazel jamais encontrara um turista vivo.


Quis gritar por Ben, mas não havia Ben algum para chamar. Só podia contar consigo mesma e tinha falhado. Não salvara ninguém.


Mas independentemente de quantos outros garotos beijasse, Hazel não era capaz de trazer de volta a música de Ben.


Continuava monstruosamente lindo como sempre. Dava para se afogar em tanta beleza.


Eu conheço você. Eu conheço sua voz.
Você é exatamente a garota que eu procurava.


Quieta. Fique quieta. Eu sei quem é você, Hazel Evans, irmã de Benjamin Evans, filha de Greer O’Neill e Spencer Evans. Eu reconheço sua voz. Eu sei todos os seus desejos mais tolos. Eu conheço você e sei o que você fez e eu preciso de você.


Criado para guardar um monstro.


—Vai me partir em dois como se você fosse um lenhador de conto de fadas?
—Vou tentar.


Essas histórias mantiveram o coração dela a salvo. Mas agora, ela não se sentia nem um pouco segura. Ela o odiava por ter acordado, por ser de verdade e por ter roubado esses sonhos.
O garoto de chifres não era mais o príncipe deles.


Anos mais tarde, quando Jack soube como havia passado a fazer parte da família, lembrou-se da lenda e compreendeu a razão pela qual seu pai olhava para ele daquele jeito. Ele não era filho legítimo, não tinha sido escolhido por aquela família. Tinha sido imposto a eles. Ele vestia uma pele emprestada, olhava para eles com olhos emprestados e vivia com eles a vida que quase roubara de Carter.


Mas o desconforto constante era uma lembrança de como não pertencia àquele grupo de pessoas.


Uma promessa que ele nunca cumpriria.


Hazel congelou e sentiu um arrepio horrível subindo pela coluna. Sentira medo ao ver os outros alunos chorando, mas o pânico que sentiu ao notar os movimentos de Molly foi totalmente diferente. Era o corpo de Molly que Hazel via, mas ela sabia que a amiga já não estava mais por trás daqueles olhos.


Hazel sabia como era possível ter certeza de ter ouvido alguma coisa, quando na verdade era só a própria respiração. Ao mesmo tempo, sabia como era perigoso ignorar os próprios instintos.


Amanda não estava lá quando eu voltei.


Ela queria encontrar o monstro e matá-lo.


Você não vai conseguir me impedir de ir à festa, ninguém consegue. Esse é o problema.


Você é o cavaleiro que sempre sonhou ser.


Dançou até que todas as suas preocupações fossem embora.


Ela não sabia o que sentir e queria, desesperadamente, parar de sentir qualquer coisa.


E então virou-se para Hazel…
E beijou-a, profundamente.


Ela amava os bosques e a cidade. O que era ótimo, até que ela se apaixonou por um mortal.


Nós não amamos da mesma forma que vocês.
Nós amamos até deixarmos de amar. Para nós, o amor não desaparece gradualmente. Ele se quebra, como um ramo quando é dobrado além do possível.


E pela primeira vez, compreendeu como fugir era um péssimo plano.


Não me faça perguntas e eu não precisarei mentir.


A beijou como se quisesse ter certeza de que ela estava acordada e bem. A beijou como se achasse que ela poderia virar fumaça no momento em que ele parasse.


Hazel, eu só queria dizer que eu gosto de você. E quero dizer… pode ser que eu esteja louco, mas não sei se ia querer ficar comigo se soubesse disso. Eu meio que acho que não, então é por isso que eu estou te contando. Mas se quiser continuar com o que estamos fazendo, então eu estou pronto para calar a boca agora.


Tenho medo de nunca mais acordar.


Você não vai chorar até que eu lhe permita.


A minha vida sempre foi um barril de pólvora à espera de um fósforo.


Ainsel. My Ainsel.


Os mortais são mentirosos natos. É a única coisa na qual vocês têm excepcional talento.


Eu jurei que derrotaria o monstro no coração da floresta, e derrotei mesmo. O monstro nunca foi ela. O monstro sempre foi você.


Lembre-se, Sir Hazel. Lembre-se, meu cavaleiro desleal. Eu o amaldiçoo a se lembrar. Eu o amaldiçoo a lembrar-se de tudo.


Hazel recebeu de volta todas as lembranças que ela alguma vez já tinha tentado esquecer.


A Hazel do dia era ela, só que com menos espinhos.


Deixe-me ser Jack Gordon e, quando eu terminar, quando virar poeira e cinzas, voltarei para você e aprenderei a ser seu filho.
Deixe que todos os mortais que eu amo morram e virem pó.


Preciso parar de fantasiar sobre fugir para outra vida e começar a entender a vida que tenho.


Talvez, pensou Hazel, talvez os dois pudessem aprender a fazer isso. A ser feliz de verdade, não como nas histórias inventadas.


Não precisa se preocupar comigo, mãe. Não mais. Não tem motivo para isso e agora é tarde demais para se preocupar.


Eu não quero alguém normal. Não quero uma pessoa simples. Eu quero você. Amei você praticamente no primeiro momento em que te vi, selvagem e destemida, correndo pela floresta com os lábios manchados de roxo de suco de amora. Eu percebi que isso só me faria igual a todo mundo que te ama, mas nem por isso desisti.


Podemos fazer isso da maneira que quisermos. Nós mesmos contaremos nossa própria história.




 

O CANTO MAIS ESCURO DA FLORESTA, clique

Resenha

Ordem de Leitura (BOX)

Frases Que Te Deixam Com Vontade De Ler

Personagens

Mais Sobre O/A Autor(a)

Mais Sobre A Editora

Compre O Livro

 

O Canto Mais Escuro da Floresta, Holly Black. Indicandolivros.com.br

O Canto Mais Escuro Da Floresta (Frases)

CONHEÇA ALGUMAS DAS NOSSAS RECOMENDAÇÕES DE LEITURA, clique

COMPRE PRODUTOS COM OS MELHORES PREÇOS NA AMAZON, clique

 

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Verifique também
Fechar
error: Content is protected !!