Fundamentos de administração financeira

R$220,32

Da editora

Fundamentos de administração financeira

Ross Fundamentos de Administração FinanceiraRoss Fundamentos de Administração Financeira

Apresentação à segunda edição brasileira

Apresentamos a segunda edição da versão brasileira do consagrado livro dos professores Ross, Westerfield e Jordan, Fundamentals of Corporate Finance. Em 2013 tivemos a oportunidade de fazer a primeira versão brasileira, editada no Brasil com o título de Fundamentos de Administração Financeira, baseada então na 9ª edição original. Agora, trazemos uma segunda edição, adaptada para o Brasil da 13ª edição do original, já com considerações de consequências da terrível pandemia que afetou toda a humanidade.

Nesta edição, o texto foi totalmente atualizado e revisado e foram incluídos mais seis capítulos, abordando temas importantes das finanças corporativas para os processos de gestão: finanças comportamentais, gestão de riscos, opções e finanças corporativas, avaliação de opções, fusões e aquisições e arrendamentos. Como nos capítulos anteriores, a abordagem busca ser descomplicada e intuitiva, sem adentrar demonstrações e cálculos que possam ser considerados complexos pelos leitores, sempre buscando facilitar a compreensão da essência dos temas do campo das finanças para tomada de decisão na administração. No curso de graduação em administração na EA/UFRGS, abordamos os conteúdos da edição 2013 em duas disciplinas consecutivas, e criamos uma terceira, para tratar desses seis assuntos

adicionais da segunda edição como Tópicos Especiais em Finanças. Nesta versão brasileira procuramos trazer a mensagem de criação de valor para o acionista em uma proposta alinhada às atuais preocupações com sustentabilidade nos âmbitos ambientais, sociais e de governança. Incluímos na edição brasileira o adjetivo “sustentável” para o objetivo da administração financeira e assim a mensagem do livro na versão brasileira é a “criação de valor sustentável para o acionista”. O termo “sustentável”, a nosso ver, abarca o que hoje referimos como ASG, de ambiente, sociedade e governança (ESG, na forma do acrônimo na língua inglesa) e o objetivo de sustentabilidade da organização, do negócio, no conceito de continuidade. Pois só haverá continuidade se a “licença social” para operar for mantida no longo prazo, se a forma de operar for sustentável.

Da edição 2022, destacamos outro aspecto importante para nós, brasileiros, que diz respeito às consequências para o valor das empresas decorrentes da reforma tributária de 2017 nos EUA, que reduziu as alíquotas sobre o lucro das empresas lá, de uma média de 35%, para 21%. Essa redução de alíquotas, conjugada a normas de depreciação muito favoráveis para as empresas nos EUA, aumenta substancialmente o valor de um projeto ou de um negócio, quando implantado nos EUA, se comparado à sua implantação no Brasil. Para essa comparação, consideramos apenas alíquota tributária sobre lucros e depreciação, sem levar em conta outras variáveis. É um tema a se considerar, na discussão da reforma tributária no Brasil, tema em destaque quando encerramos esta edição. Para contribuir com a reflexão, desenvolvemos exemplos trazendo resultados com o uso de dados em vigor no Brasil, em conjunto com exemplos do original, facilitando a alunos e professores a comparação e as discussões em torno do tema.

Os capítulos adicionados trouxeram o desafio do volume da obra. Tomamos a liberdade de excluir questões e problemas de fim de capítulo da versão impressa e disponibilizá-las online, para estudantes e professores. E, não menos importante, nos esforçamos para encontrar

e eliminar erros na edição anterior, alguns dos quais detectados no nosso uso; outros, que nos foram apontados por colegas, a quem reconhecemos e agradecemos. Além desses ajustes, procuramos melhorar o texto, buscando trazer de forma mais clara algumas ideias; também incluímos atualizações do mercado brasileiro até o fechamento desta edição. Porque, em linha com os autores originais, temos como objetivo elaborar o melhor livro possível para os temas que trata e na abordagem proposta. Certamente, novos pontos de melhoria serão identificados nesta edição também; pedimos que nos façam saber.

O objetivo de elaborar o melhor livro possível não poderia ser levado adiante sem muitas colaborações e contribuições de colegas professores, alunos e profissionais de mercado que, assim como na edição anterior, foram fundamentais para esse objetivo. Esta edição incorpora todas as contribuições trazidas na edição anterior pelos colaboradores então citados. Desta feita, tivemos a colaboração e as contribuições adicionais de Alisson Savio Silva Siqueira, Thiago Isaac, Richard Blanchet, Adriano Fedalto, Ronaldo Bosco Soares, André Luiz

Martinewski, Artemio Bertolini, Guilherme Macedo Ribeiro, Fernanda Perez Arraes e Pedro Bramont. A responsabilidade pela versão final das contribuições é deste autor.

Por fim, mas não menos importante, reconhecemos que a primeira e a segunda versões brasileiras só foram possíveis graças ao apoio firme e a disposição de tomar riscos da Bookman Editora, especialmente graças à sua líder editorial, a Arysinha Jacques Affonso. A edição anterior teve o firme apoio dos colegas professores da Escola de Administração da UFRGS, que o adotaram como primeiro livro de finanças das principais disciplinas de finanças da EA/UFRGS. Em seguida, foi adotado por diferentes professores das mais diversas instituições de ensino superior do Brasil. Na sequência à edição do Fundamentos, em 2013, em 2015, lançamos Administração Financeira, versão brasileira do renomado Corporate Finance, de Ross, Westerfield & Jaffe, então em sua 10ª edição. É importante salientar que Fundamentos de Administração Financeira e Administração Financeira são livros diferentes, destinadas a públicos diferentes.

rossross

Ideal para alunos de graduação e profissionais do mercado.

STEPHEN A. ROSS: Stephen A. Ross foi professor da cátedra Franco Modigliani de Economia e Finanças na Sloan School of Management do Massachusetts Institute of Technology. Um dos autores mais respeitados nas áreas de finanças e economia, o professor Ross era amplamente reconhecido por seu trabalho no desenvolvimento da Teoria de Precificação por Arbitragem (Arbitrage Pricing Theory – APT) e contribuiu muito para essa disciplina com sua pesquisa em sinalização, teoria de agência, precificação de opções a teoria da estrutura a termo das taxas de juros, além de outros assuntos. Ex-presidente da American Finance Association, também foi editor associado de vários periódicos acadêmicos. Foi membro do Conselho Consultivo da CalTech. Morreu repentinamente em março de 2017.

RANDOLPH W. WESTERFIELD: Randolph W. Westerfield é diretor emérito da Marshall School of Business da University of Southern California e é professor da cátedra Charles B. Thornton de Finanças. Ele entrou para a USC após passar pela Wharton School da University of Pennsylvania, onde atuou como chefe do Departamento de Finanças e foi membro do corpo docente da faculdade de finanças por 20 anos. O professor Westerfield é membro do conselho de administração da Oaktree Capital. Atua nas áreas de finanças corporativas, gestão de investimentos e comportamento do mercado acionário.

BRADFORD D. JORDAN: Bradford D. Jordan é professor de Finanças e detentor da cátedra Richard W. e Janis H. Furst de Bancos e Serviços Financeiros na University of Kentucky. Seus interesses incluem tanto a parte aplicada quanto teórica das finanças corporativas. Possui ampla experiência em todos os níveis do ensino de finanças corporativas e política de administração financeira. O professor Jordan publicou numerosos artigos sobre assuntos como custo de capital, estrutura de capital e comportamento dos preços de títulos mobiliários. Foi presidente da Southern Finance Association e é coautor do livro Fundamentals of Investments: Valuation and Management, 8ª edição, publicado pela Mc-Graw-Hill/Irwin.

ROBERTO LAMB: Roberto Lamb atuou durante 22 anos como professor de Finanças na Escola de Administração da UFRGS, de onde aposentou-se em 2020. Antes, trabalhou por 28 anos no Banco do Brasil. Sua experiência financeira inclui longa atuação em conselhos fiscais e de administração e comitês de auditoria de grandes e médias empresas, entre as quais multinacionais brasileiras e empresas multinacionais com atuação no Brasil. Seus principais interesses são finanças corporativas, gestão de riscos e governança corporativa.

Editora ‏ : ‎ Bookman; 13ª edição (28 abril 2022)
Idioma ‏ : ‎ Português
Capa comum ‏ : ‎ 995 páginas
ISBN-10 ‏ : ‎ 8582605773
ISBN-13 ‏ : ‎ 978-8582605776
Dimensões ‏ : ‎ 21 x 3.9 x 28 cm

Price: R$ 220,32
(as of Feb 10, 2024 07:46:57 UTC – Details)

buy now

Da editora

Fundamentos de administração financeira

Ross Fundamentos de Administração FinanceiraRoss Fundamentos de Administração Financeira

Apresentação à segunda edição brasileira

Apresentamos a segunda edição da versão brasileira do consagrado livro dos professores Ross, Westerfield e Jordan, Fundamentals of Corporate Finance. Em 2013 tivemos a oportunidade de fazer a primeira versão brasileira, editada no Brasil com o título de Fundamentos de Administração Financeira, baseada então na 9ª edição original. Agora, trazemos uma segunda edição, adaptada para o Brasil da 13ª edição do original, já com considerações de consequências da terrível pandemia que afetou toda a humanidade.

Nesta edição, o texto foi totalmente atualizado e revisado e foram incluídos mais seis capítulos, abordando temas importantes das finanças corporativas para os processos de gestão: finanças comportamentais, gestão de riscos, opções e finanças corporativas, avaliação de opções, fusões e aquisições e arrendamentos. Como nos capítulos anteriores, a abordagem busca ser descomplicada e intuitiva, sem adentrar demonstrações e cálculos que possam ser considerados complexos pelos leitores, sempre buscando facilitar a compreensão da essência dos temas do campo das finanças para tomada de decisão na administração. No curso de graduação em administração na EA/UFRGS, abordamos os conteúdos da edição 2013 em duas disciplinas consecutivas, e criamos uma terceira, para tratar desses seis assuntos

adicionais da segunda edição como Tópicos Especiais em Finanças. Nesta versão brasileira procuramos trazer a mensagem de criação de valor para o acionista em uma proposta alinhada às atuais preocupações com sustentabilidade nos âmbitos ambientais, sociais e de governança. Incluímos na edição brasileira o adjetivo “sustentável” para o objetivo da administração financeira e assim a mensagem do livro na versão brasileira é a “criação de valor sustentável para o acionista”. O termo “sustentável”, a nosso ver, abarca o que hoje referimos como ASG, de ambiente, sociedade e governança (ESG, na forma do acrônimo na língua inglesa) e o objetivo de sustentabilidade da organização, do negócio, no conceito de continuidade. Pois só haverá continuidade se a “licença social” para operar for mantida no longo prazo, se a forma de operar for sustentável.

Da edição 2022, destacamos outro aspecto importante para nós, brasileiros, que diz respeito às consequências para o valor das empresas decorrentes da reforma tributária de 2017 nos EUA, que reduziu as alíquotas sobre o lucro das empresas lá, de uma média de 35%, para 21%. Essa redução de alíquotas, conjugada a normas de depreciação muito favoráveis para as empresas nos EUA, aumenta substancialmente o valor de um projeto ou de um negócio, quando implantado nos EUA, se comparado à sua implantação no Brasil. Para essa comparação, consideramos apenas alíquota tributária sobre lucros e depreciação, sem levar em conta outras variáveis. É um tema a se considerar, na discussão da reforma tributária no Brasil, tema em destaque quando encerramos esta edição. Para contribuir com a reflexão, desenvolvemos exemplos trazendo resultados com o uso de dados em vigor no Brasil, em conjunto com exemplos do original, facilitando a alunos e professores a comparação e as discussões em torno do tema.

Os capítulos adicionados trouxeram o desafio do volume da obra. Tomamos a liberdade de excluir questões e problemas de fim de capítulo da versão impressa e disponibilizá-las online, para estudantes e professores. E, não menos importante, nos esforçamos para encontrar

e eliminar erros na edição anterior, alguns dos quais detectados no nosso uso; outros, que nos foram apontados por colegas, a quem reconhecemos e agradecemos. Além desses ajustes, procuramos melhorar o texto, buscando trazer de forma mais clara algumas ideias; também incluímos atualizações do mercado brasileiro até o fechamento desta edição. Porque, em linha com os autores originais, temos como objetivo elaborar o melhor livro possível para os temas que trata e na abordagem proposta. Certamente, novos pontos de melhoria serão identificados nesta edição também; pedimos que nos façam saber.

O objetivo de elaborar o melhor livro possível não poderia ser levado adiante sem muitas colaborações e contribuições de colegas professores, alunos e profissionais de mercado que, assim como na edição anterior, foram fundamentais para esse objetivo. Esta edição incorpora todas as contribuições trazidas na edição anterior pelos colaboradores então citados. Desta feita, tivemos a colaboração e as contribuições adicionais de Alisson Savio Silva Siqueira, Thiago Isaac, Richard Blanchet, Adriano Fedalto, Ronaldo Bosco Soares, André Luiz

Martinewski, Artemio Bertolini, Guilherme Macedo Ribeiro, Fernanda Perez Arraes e Pedro Bramont. A responsabilidade pela versão final das contribuições é deste autor.

Por fim, mas não menos importante, reconhecemos que a primeira e a segunda versões brasileiras só foram possíveis graças ao apoio firme e a disposição de tomar riscos da Bookman Editora, especialmente graças à sua líder editorial, a Arysinha Jacques Affonso. A edição anterior teve o firme apoio dos colegas professores da Escola de Administração da UFRGS, que o adotaram como primeiro livro de finanças das principais disciplinas de finanças da EA/UFRGS. Em seguida, foi adotado por diferentes professores das mais diversas instituições de ensino superior do Brasil. Na sequência à edição do Fundamentos, em 2013, em 2015, lançamos Administração Financeira, versão brasileira do renomado Corporate Finance, de Ross, Westerfield & Jaffe, então em sua 10ª edição. É importante salientar que Fundamentos de Administração Financeira e Administração Financeira são livros diferentes, destinadas a públicos diferentes.

rossross

Ideal para alunos de graduação e profissionais do mercado.

STEPHEN A. ROSS: Stephen A. Ross foi professor da cátedra Franco Modigliani de Economia e Finanças na Sloan School of Management do Massachusetts Institute of Technology. Um dos autores mais respeitados nas áreas de finanças e economia, o professor Ross era amplamente reconhecido por seu trabalho no desenvolvimento da Teoria de Precificação por Arbitragem (Arbitrage Pricing Theory – APT) e contribuiu muito para essa disciplina com sua pesquisa em sinalização, teoria de agência, precificação de opções a teoria da estrutura a termo das taxas de juros, além de outros assuntos. Ex-presidente da American Finance Association, também foi editor associado de vários periódicos acadêmicos. Foi membro do Conselho Consultivo da CalTech. Morreu repentinamente em março de 2017.

RANDOLPH W. WESTERFIELD: Randolph W. Westerfield é diretor emérito da Marshall School of Business da University of Southern California e é professor da cátedra Charles B. Thornton de Finanças. Ele entrou para a USC após passar pela Wharton School da University of Pennsylvania, onde atuou como chefe do Departamento de Finanças e foi membro do corpo docente da faculdade de finanças por 20 anos. O professor Westerfield é membro do conselho de administração da Oaktree Capital. Atua nas áreas de finanças corporativas, gestão de investimentos e comportamento do mercado acionário.

BRADFORD D. JORDAN: Bradford D. Jordan é professor de Finanças e detentor da cátedra Richard W. e Janis H. Furst de Bancos e Serviços Financeiros na University of Kentucky. Seus interesses incluem tanto a parte aplicada quanto teórica das finanças corporativas. Possui ampla experiência em todos os níveis do ensino de finanças corporativas e política de administração financeira. O professor Jordan publicou numerosos artigos sobre assuntos como custo de capital, estrutura de capital e comportamento dos preços de títulos mobiliários. Foi presidente da Southern Finance Association e é coautor do livro Fundamentals of Investments: Valuation and Management, 8ª edição, publicado pela Mc-Graw-Hill/Irwin.

ROBERTO LAMB: Roberto Lamb atuou durante 22 anos como professor de Finanças na Escola de Administração da UFRGS, de onde aposentou-se em 2020. Antes, trabalhou por 28 anos no Banco do Brasil. Sua experiência financeira inclui longa atuação em conselhos fiscais e de administração e comitês de auditoria de grandes e médias empresas, entre as quais multinacionais brasileiras e empresas multinacionais com atuação no Brasil. Seus principais interesses são finanças corporativas, gestão de riscos e governança corporativa.

Editora ‏ : ‎ Bookman; 13ª edição (28 abril 2022)
Idioma ‏ : ‎ Português
Capa comum ‏ : ‎ 995 páginas
ISBN-10 ‏ : ‎ 8582605773
ISBN-13 ‏ : ‎ 978-8582605776
Dimensões ‏ : ‎ 21 x 3.9 x 28 cm

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Fundamentos de administração financeira”
error: Content is protected !!