EditorasGutenberg

Editora Gutenberg

Editora Gutenberg

Criada em 2003, a Gutenberg é reconhecida por investir fortemente em segmentos variados para os públicos jovem e adulto, sempre revelando novos talentos em diversos gêneros, como fantasia, romance, distopia, suspense, entre outros.

Um dos principais nomes do catálogo é a brasileira Paula Pimenta. Com mais de um milhão de exemplares vendidos, é a escritora mais amada pelos jovens brasileiros, principalmente por estabelecer uma forte identificação entre seus personagens e seus leitores. Suas principais séries, Fazendo meu filme e Minha vida fora de série, abordam com delicadeza e profundidade questões familiares, escolares e afetivas. Em 2021, uma notícia agitou os fãs: a adaptação de duas de suas obras para as telas. Fazendo meu filme chegará primeiro aos cinemas. Em seguida, será a vez do conto Um ano inesquecível – Inverno, que estreará pela Amazon Prime.

Outros nomes nacionais de peso integram o catálogo da editora, que tem se dedicado cada vez mais à difusão da literatura nacional, como Babi Dewet, Bárbara Morais, Bruna Vieira, Érica Imenes, Felipe Castilho, Fernanda Castro, Jim Anotsu, Keka Reis, Lavínia Rocha, Lila Cruz e Paola Siviero.

Artigos relacionados

O catálogo internacional traz nomes como Tessa Dare e Sarah MacLean, os principais nomes da atualidade no segmento de romances históricos. Já na seara de fantasia, o destaque fica por conta de Stephanie Garber, autora das séries Caraval e Era uma vez um coração partido, que a levaram ao primeiro lugar da lista de mais vendidos do New York Times; e de Soman Chainani, autor da série A escola do Bem e do Mal.


A Autêntica conta com mais de 700 publicações em seu catálogo. Reconhecida por seu trabalho com o público acadêmico e por suas obras destinadas às áreas das Ciências Humanas, a editora foi crescendo com o passar dos anos e começou a publicar livros com temas mais abrangentes e diversificados, como literatura brasileira e estrangeira de qualidade, com nomes de peso como Maura Lopes Cançado, Ferreira Gullar e Virginia Woolf.

O catálogo contempla também obras de Antropologia, Cultura Negra, Sociologia, Historiografia, Comunicação, Cinema e Teatro, Biblioteca Escolar, Linguística, Educação, entre outros. A editora assumiu o desafio de trazer para a língua portuguesa obras de Filosofia fundamentais para seus leitores. Exemplos dessa empreitada são a tradução bilíngue (latim-português) da Ética, de Espinosa, e o Vocabulário de Foucault: Um percurso pelos seus temas, conceitos e autores, do argentino Edgardo Castro.

 

Instagram: editoragutenberg

 

Alguns Livros:

A Escola Do Bem E Do Mal – Soman Chainani

Minha Vida Fora De SériePaula Pimenta

Fazendo Meu Filme – Paula Pimenta

CaravalStephanie Garber

 


O que é uma editora?

Uma editora de livros é uma empresa que coordena o processo de editoração e publicação de obras literárias, partituras, revistas, discos, jornais etc.

Elas são geralmente especializadas em um determinado nicho, como livros didáticos, livros de ficção, periódicos (jornais e revistas) etc. Isso ocorre porque o mercado editorial é muito competitivo e precisam se diferenciar para se destacarem.

O processo de publicação de um livro por uma editora geralmente envolve as seguintes etapas:

  • Avaliação: Recebe o manuscrito do autor e avalia se ele é adequado para publicação. Essa avaliação é feita por um editor ou um comitê de editores, que consideram fatores como o conteúdo, a qualidade da escrita, o potencial de vendas e o público-alvo.

 

  • Preparação do texto: caso o manuscrito seja aprovado, é iniciada a preparação do texto, que inclui a revisão gramatical, ortográfica e de estilo, a edição, a tradução e a diagramação.

 

  • Design: Também é responsável pelo design do livro, que inclui a capa, o miolo e as ilustrações.

 

  • Produção: Contrata uma gráfica para produzir os exemplares do livro.

 

  • Distribuição: Se encarrega de distribuir os livros para livrarias e outros pontos de venda.

As editoras desempenham um papel importante na disseminação do conhecimento e da cultura. Elas são responsáveis por tornar disponíveis ao público obras de todos os gêneros, desde literatura clássica até livros técnicos e científicos. Além disso, as editoras também contribuem para a economia, gerando empregos e movimentando o mercado editorial.

No Brasil, existem milhares, desde grandes conglomerados internacionais até pequenas editoras independentes. As brasileiras publicam uma grande variedade de livros, incluindo obras de autores brasileiros e estrangeiros, em diversos idiomas.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Verifique também
Fechar
error: Content is protected !!